Publicado em ARQUIVO

mourir pour l’amour

Depois de vários dias sem dar as caras, resolvi falar algo sobre esses acontecimentos recentes. Que me fazem pensar que o mundo ta cada vez mais distante do amor. Percebo que ultimamente os crimes passionais estão cada vez mais violentos e crueis, talvez sejam fruto desses relacionamentos efêmeros, irracionais e fúteis e que aumentam minha fobia de relacionamentos amorosos, eu posso até estar exagerando. Mas eu realmente tenho medo de morrer por amor por causa de um momento de insanidade, desnecessário.

O amor está cada vez mais banalizado, esquecido, confundido não há mais o amor de Romeu e Julieta, repetido várias vezes no cinema enganando a todos, pode ser que eu esteja pessimista, vendo só o lado ruim das coisas ou que esteja assistindo muito noticiário, mas se talvez houvesse mais verdade, lealdade e se os relacionamentos não fossem baseados em interesses secundários quem sabe eu não acreditasse no amor . Agora uma coisa eu tenho certeza não morrerei de amor por ninguem e não quero que niguem morra por mim, porque viver de amor e por amor é muito melhor e mais saudável.

 Espero que um dia eu perceba que estou errada e que há muito amor no mundo, suficiente para superar os sofrimentos da existência humana.