Ilusões perdidas*

Texto escrito em (25 de fevereiro de 2013 às 08:22:14) (Tirando a poeira dos rascunhos engavetados) Agradeço-te por me fazer despertar, por eu querer destacar o meu melhor, por eu encontrar o que eu realmente quero para a minha vida. Reencontrei meu eu, redescobri o que eu gosto, pode ser que você nada tem a […]

Leia mais Ilusões perdidas*

Cadê meu botão de pause?

Depois de milhares (tudo bem eram só 12, eu contei) de abas do navegador abertas e o dia amanhecendo. Percebo que mais uma vez não terminei nada, mais um texto pela metade, mais um vídeo pela metade, mais trabalhos pendentes para resolver. As pernas continuam seus sacolejos, e esse parágrafo foi escrito entre muitas idas […]

Leia mais Cadê meu botão de pause?

Primeira Lei de Newton

“Lei I: Todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em uma linha reta, a menos que seja forçado a mudar aquele estado por forças aplicadas sobre ele.” Nunca somos um eu só, nunca somos um eu coerente, sempre constante, às vezes nem somos quem gostaríamos de ser. Vivemos em contradição, […]

Leia mais Primeira Lei de Newton